Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Última Paragem

O blog do bicho do mato

O blog do bicho do mato

Última Paragem

13
Mar24

Achei lindo

Maria J. Lourinho

"A minha avó materna guardou, durante muitos anos, fotografias dos primeiros anos em que a deixaram votar.

A melhor roupa estava reservada para aquele momento; os melhores sapatos também.

Que mania magnífica a de elevar aquela ocasião a um casamento. Tantos anos depois, sigo-lhe os passos. E todos os que conheci na rua (durante a realização de duas reportagens com líderes partidários) também.

Enquanto acordarmos felizes, entusiasmados por ir votar e, sobretudo, enquanto vestirmos a nossa melhor roupa para o sufrágio, estaremos a manter viva a democracia"

Salomé Leal, na última edição da Pinóquio, a newsletter do Polígrafo.

11
Mar24

Banhada

Maria J. Lourinho

Banhada.jpeg

Cinquenta anos de 25 de Abril, cinquenta fascistas no Parlamento.

Agradecimentos por ordem cronológica de entrada no acontecimento:

- À comunicação social que há 5 anos apaparica e carrega o monstro às costas para agora se poder mostrar tristonha.

 - A António Costa e Fernando Medina que preferiram fazer um grande mealheiro a resolver os problemas prementes da vida das pessoas. Já Salazar tinha feito o mesmo.

 - Ao Ministério Público muito habilidoso a levantar suspeitas e "um pé" a prová-las

 - A Marcelo Rebelo de Sousa que durante anos enganou quase Portugal inteiro. Por fim, o seu natural modo de ser e estar, intriguista, venenoso, dissimulado e interesseiro, veio ao de cima. Queria, porque queria, mais uma eleições mesmo com o desastre anunciado.

 - Por fim, ao milhão de portugueses ressentidos que acreditam que um aprendiz de fascista lhes vai resolver os seus reais problemas.

Eu deitei-me a pensar no título do filme: Good Night and Good Luck (Boa Noite e Boa Sorte). E assim vou continuar.

 

02
Mar24

Uns centésimos da sociedade

Maria J. Lourinho

IL.jpg

 

Um pequenino retrato, ou uma foto tipo passe, como se queira, do Iniciativa Liberal.

O seu interesse centra-se em? Uns (muito) poucos por cento da sociedade portuguesa.

"Rui Rocha (Iniciativa Liberal) vai às empresas falar com gestores e ignora trabalhadores
Na segunda-feira, Rui Rocha, líder da IL, visitou o porto de Sines — reuniu-se com a administração, não falou com os trabalhadores. Na terça-feira, em Beja, quis saber dos agricultores — mas fechou-se num gabinete com a direcção da Associação de Agricultores do Sul, que integra empresários. Na quarta-feira, foi a Oeiras para conversar com Vasco de Mello, líder do grupo José de Mello, ali na condição de presidente da Business Roundtable Portugal, associação que junta os CEO dos maiores grupos empresariais portugueses (como a Galp ou a Altice). Esta quinta-feira, visitou a Navigator — uma das maiores exportadoras do país —, mas também só conversou com gestores. Rui Rocha está em campanha há cinco dias: dinamizou acções para ouvir administradores, gestores e representantes dos grandes grupos económicos — nunca para falar com os trabalhadores."

Público 1 Março 2024

Estamos conversados sobre a  baixa de impostos, não é? Já sabemos quem serão os premiados.

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub