Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Última Paragem

O blog do bicho do mato

O blog do bicho do mato

Última Paragem

04
Abr23

Tanta felicidade também cansa

Maria J. Lourinho

Na última medição (realizada não sei por quem, mas isso também não interessa nada), o povo finlandês subiu de novo ao pódio como o povo mais feliz do mundo.

Como escrevia o RAP na sua crónica no Expresso, é difícil de entender como se pode ser o povo mais feliz do mundo a habitar um “país que, em Janeiro e Fevereiro, tem uma temperatura média próxima de -5°C. Que chega a ter temperaturas inferiores a -20°C. Que, no Inverno, tem dias que duram menos de seis horas. E que, no Verão, costuma ter uma temperatura máxima de 20°C. ... Um país cuja gastronomia deve ser tão interessante que o prato nacional é pão de centeio.” E acrescenta ainda que a Finlândia faz fronteira com a Rússia, país que gosta de abocanhar “as carnes” dos vizinhos.

É, sem dúvida, um bocado surreal, mas ouvi um português que lá vive justificar a classificação dizendo: é um país em que tudo funciona.

AAAAAAHHHHHH, agora já percebo, e cada vez melhor. Por cá, parecemos um bando de baratas tontas, sem saber se podemos ir ou vir, se temos consulta, se podemos deixar os miúdos na escola, quando poderemos fazer um passaporte etc. etc..

Dado o contraste, fica fácil perceber a felicidade daquelas gentes do Norte, não é?

Pois se tudo funciona...

Porém, como tanta felicidade enjoa, e tudo a funcionar até dá cabo dos nervos, os finlandeses foram a votos e mandaram a social-democrata e guapissima Sanna Marin para casa, preferindo o senhor da direita e uma outra senhora de extrema direita. Estes, que presumivelmente vão governar, querem cortar na despesa pública. Ora, disso percebemos nós muitíssimo, podemos dar lições - há décadas que os nossos governos não fazem outra coisa, e por isso vivemos como baratas tontas.

Daí eu concluir que os finlandeses estão fartos de bom funcionamento e de serem felizes, e que esse é um direito que lhes assiste. Mas depois não se ponham a ralhar porque o autocarro se atrasou 2 minutos, tá?!

Ou será essa enorme excitação nervosa de esperar 40 minutos por um autocarro que lhes está a fazer falta?

Ser sempre feliz também cansa, parece.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub